CONFERÊNCIAS A PAISAGEM QUE FALA

COMUNICAÇÕES A PAISAGEM QUE FALA – 6 DE DEZEMBRO

09.30 Pedro MaiaJuan Carlos OliverJúlia RomanJúlio Mendes RodrigoAlma PinedaMauricio Velasco Ávalos “Apresentação de exposição e projeto de investigação” Pedro Maia é artista plástico e Professor Auxiliar da FBAUP. Professor Associado Convidado e Coordenador da Área Científica de Desenho do Mestrado de Arquitetura da Universidade Lusófona do Porto e investigador Integrado do ARQ.ID. Atualmente é investigador do projeto de investigação El Paisage que Habla – Marco teórico y referencias culturales interdisciplinares México, Portugal y España como escenarios (2021-2024)https://pedromaia.eu Juan Carlos Oliver é investigador e professor na Universidad de las Islas Baleares e, com Maria-Josep Mulet investigadora e professora na Universidad de las Islas Baleares, são coordenadores do projeto de investigação El Paisage que Habla – Marco teórico y referencias culturales interdisciplinares México, Portugal y España como escenarios (2021-2024) (https://observatorifotograficbalears.com/es/). Ambos trabalham no grupo de Investigación Patrimonio audiovisualmass-media e ilustración (PAMMI) para a investigação, conservação, gestão e difusão do património em imagem e audiovisual. Júlia Roman é doutorada em História de Artes, professora da Universitat de les Illes Balears. Trabalha em temas relacionado com o património e paisagem cultural. É membra da equipa de investigação do projecto El Paisage que Habla – Marco teórico y referencias culturales interdisciplinares México, Portugal y España como escenarios (2021-2024).  Júlio Mendes Rodrigo é licenciado em História pela Faculdade de Letras do Porto. Possui uma pós-graduação em Museologia pela mesma instituição e concluiu a parte letiva do Mestrado em Arte Multimédia na Faculdade de Belas Artes do Porto. Professor no ensino público, tem dividido a sua actividade profissional entre Portugal e o Sudeste Asiático. Foi coordenador do Centro de Aprendizagem e Formação Escolar de Lospalos, Timor-Leste, em 2022. É o criador e apresentador do programa de rádio “O Arranca Corações”. Alma Pineda á arquiteta, Mestre em Restauração de Locais e Monumentos e Doutora em Artes, da Universidade de Guanajuato, México. Linha de pesquisa sobre moradisa populaesr histórica e contemporânea. Trabalha em docência, pesquisa, construção e projeto. Dirigiu o Patrimônio Histórico do Município de León, trabalhou em projetos de restauração e legislação do património. Tem artigos em revistas nacionais e internacionais. Autora e coordenadora de livros sobre patrimônio. Professora investigadora titular da Divisão de Arquitetura, Arte e Design da UG. Professora no Mestrado em Restauração de Locais e Monumentos, Doutorado em Arquitetura e Doutorado em Arte e Cultura da UG. Membro do Sistema Nacional de Pesquisadores do México. Mauricio Velasco Ávalos é arquiteto, Mestre em Arquitetura, Mestre em Sociologia Urbana e Doutor em Ordenamento do Espaço-Urbanismo. Professor de nível superior desde 1994. Colaborador em entidades de governo mexicano relacionadas com o patrimônio cultural até 2001. Professor a tempo integral na Universidade de Guanajuato desde 2005, onde participa de programas de graduação e pós-graduação. Publicou livros, artigos e capítulos de livros tendo as leituras do espaço urbano como principal linha de investigação. É membro do Sistema Nacional de Pesquisadores do México e membro do Conselho Internacional de Monumentos e Locais (ICOMOS).
10.30 Cláudia Amandi “Os Países Distantes são Maravilhosos” Cláudia Amandi é professora Auxiliar desde 2010 e Docente do Departamento de Desenho da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto desde 1996. Como artista plástica, expõe com regularidade desde 1995. Os diferentes projetos e exposições individuais e coletivas estão disponíveis em www.claudiaamandi.weebly.com
10.45 Vasco Cardoso “”Entender os territórios a partir dos seus desenhos e imagens: alguns resultados” Vasco Cardoso, com Mário Gonçalves Fernandes e Carlos Rodrigues (Portugal) do INOVPED, são professores, respetivamente, nos Departamentos de Desenho, Geografia e Engenharia Civil da Universidade do Porto (Portugal) e são responsáveis pela Unidade Curricular transversal de Inovação Pedagógica, “Representações, Desenhos e Imagens do Território. Investigam e lecionam, entre outros assuntos, os territórios, suas formas e representações.   
11.00 J. Jorge Marques “Desenhos da série pó e cinzas” J. Jorge Marques é artista plástico e Professor Auxiliar do Departamento de Desenho da FBAUP. É membro colaborador do — I2ADS. Doutoramento em Arte e Design — Desenho — pela FBAUP com o tema, “O processo como circunstância do desenho — Contribuições para o estudo de modelos experimentais de processo”;
11.15 PAUSA CAFÉ
11.30 Ana María Arango e Txema González “El paisaje vivido en la Corporaloteca del Chocó, Colombia”. Ana María Arango é investigadora e docente na Corporaloteca UTCH da Universidad Tecnológica del Chocó, Colômbia, membro da Associação para as Pesquisas Culturais do Chocó “ASINCH” que busca valorizar, visibilizar e salvaguardar as expressões e saberes orais, sonoros e corporais do pacífico Colombiano.Txema González é músico, antropólogo e fonografista. Desenvolve tarefas de pesquisa, criação e produção no âmbito do som e da música. Especializado em instrumentos tradicionais do Mediterrâneo, gravação de campo e arte sonora. A sua obra surge do estudo da tradição e desenvolve-se com clara vocação experimental.
12.00 Maria Bel Riera Pinya “Experiences of landscape in European author cinema since 1945” Maria Bel Riera Pinya é Arquiteta (UPC, 1999) e Licenciada em Biologia (UIB, 2000) com Mestrado em Análise e Design da Paisagem (UIB, 2003)
PAUSA DE ALMOÇO
14.00 Álvaro Domingues “Fotografias faladas sobre a metrópole sem fim” Álvaro Domingues é Geógrafo, doutorado em Geografia Humana e Prof. Associado da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, FAUP nos cursos de Mestrado Integrado e Doutoramento, e investigador do CEAU, Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo da FAUP. Professor do curso de doutoramento Arquitetura dos Territórios Metropolitanos Contemporânes do ISCTE, Lisboa, e do Mestrado em Arquitectura da Universidade do Minho
14.30 Mohammed Boubezari “Soundscapes versus Sound Milieu” Mohammed Boubezari is an architect and Researcher at Lusófona University in Lisbon. PhD. in architecture, University of Nantes, architectural and urban ambiances option. Project Coordinator at Parque EXPO where he managed the study of the Algiers PDAU (Urban Planning Project and Strategy) from 2013 to 2017, with a vision for 20 years 2015-2035. 
15.00 Pedro Leão Neto “Scopio e Paisagens de Cuidado” Pedro Leão Neto é arquitecto licenciado pela Universidade do Porto (FAUP, 1992), mestre em Planeamento e Projecto do Ambiente Urbano (FAUP-FEUP, 1992), doutor em Planning and Landscape (Universidade de Manchester, 2002) e pós-doutorado com a investigação “Mapeamento de Fotografia Documental e Artística: Um olhar Contemporâneo sobre Arquitectura e Espaços de Referência no Porto (MFDA-ARP)” (FAUP, 2018) com orientação de Jorge Figueira e José Maças de Carvalho. 
15.30 PAUSA CAFÉ
15.45 Alma Pineda Almanza “Arquitectura popular en México, conformación del paisaje de la estética neokitsch” Alma Pineda á arquiteta, Mestre em Restauração de Locais e Monumentos e Doutora em Artes, da Universidade de Guanajuato, México. Linha de pesquisa sobre moradisa populaesr histórica e contemporânea. Trabalha em docência, pesquisa, construção e projeto. Dirigiu o Patrimônio Histórico do Município de León, trabalhou em projetos de restauração e legislação do património. Tem artigos em revistas nacionais e internacionais. Autora e coordenadora de livros sobre patrimônio. Professora investigadora titular da Divisão de Arquitetura, Arte e Design da UG. Professora no Mestrado em Restauração de Locais e Monumentos, Doutorado em Arquitetura e Doutorado em Arte e Cultura da UG. Membro do Sistema Nacional de Pesquisadores do México.
16.15 Marina de la Torre Vázquez “La ciudad que nos habita” modalidad: Marina de la Torre Vázquez é doutorada em Arquitetura, Professor B em tempo integral do Departamento de Arquitetura da Universidade de Guanajuato. Membro do Sistema Nacional de Pesquisadores: Nível II. Responsável pelo Corpo Acadêmico: UGTO-CA-146-Dinâmica Territorial (Consolidada).
16.45 Pedro Bandeira “Stay Young, Get Stoned: um olhar sobre a paisagem recente do Alentejo interiorPedro Bandeira é arquiteto (FAUP 1996), é Professor Associado na Escola de Arquitetura, Arte e Design da Universidade do Minho e membro investigador do Lab2PT. Autor de diversas publicações no âmbito da cultura arquitetónica foi, em 2015, galardoado com o Prémio de Crítica de Arquitetura da AICA/Fundação Carmona e Costa.
17.30 INAUGURAÇÃO EXPOSIÇÃO PAVILHÃO DE EXPOSIÇÕES FBAUP
COMUNICAÇÕES A PAISAGEM QUE FALA – 7 DE DEZEMBRO
09.30 Graciela Machado “Pure Print Archeology” Graciela Machado é artista e Professora associada na FBAUP. Investigadora integrada no I2ADSLicenciada em Pintura pela ESBAP, mestre em Gravura pela Slade School of Fine Art Londres. Doutorada em Desenho Pela Universidade do País Basco com tese Representação do tempo na imagem. O seu corpo de trabalho está enraizado numa arqueologia tecnológica aplicada à prática da gravura.
09.45 Gabriela Vaz Pinheiro “MADEP, Paisagem e Território” Gabriela Vaz Pinheiro regularly publishes and curates exhibitions as Gabriela Vaz-Pinheiro. As an academic and researcher teaches at Faculty of Fine Arts, University of Porto. In the artistic as well as editorrial production, she seeks to permanently relocate identity questions and individual narratives that frequently take an alter-performative character.
10.00 Erik Smith “Substrata/embeddings” Erik Smith (Boston, EUA) é um artista americano que vive e trabalha em Berlim, Alemanha. Exposições individuais selecionadas incluem Un-buildings, Galerie Stadtpark, Krems, AT, 2021; Deslocamentos, Errant Sound, Berlin, DE, 2019; Ghosts, Counterpath, Denver, CO, US, 2018; Psychoarcheology, FRAGMENTA/ Valletta 2018, Malta (…). O primeiro catálogo de sua obra será publicado em 2024 graças a uma bolsa da Stiftung Kunstfonds Bonn, Alemanha.
10.15 Diana Coca “Cuerpo y territorio en el proceso creativo” Diana Coca é artista e pesquisadora, atualmente é doutoranda na Universidade Pompeu Fabra em Barcelona. Ela possui um BA em Filosofia e BA (Hons) em Artes, MA em Dança Pesquisa e Performance. Ela concluiu ai sua formação no Movement Research and International Center of Photography em Nova York.
10.30 Pedra no Rim “Cerâmica do Bonfim” com Fabrizio Matos e Israel PimentaPedra no Rim Associação Artística nasce em 2018 e é constituída por Fabrizio Matos e Israel Pimenta, Porto.
10.45 PAUSA CAFÉ
11.00 Vítor Silva “Paisagem e Destruição” Vítor Silva é formado em Artes plásticas pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto e doutorado em Desenho pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP). É docente da FAUP, desde 1988. É autor de Ética e Política do Desenho. Teoria e Prática do Desenho na Arte do século XVII (Fauppublicações, Porto, 2004), (Aby Warburg 1866-1929, uma cartografia da história, da arte e da cultura (Braço de Ferro, Porto, 2010) e Henrique Pousão. Infância, Experiência e História do Desenho (Dafne, Porto, 2011).
11.15 Gizeh Castañeda Toledo “Paisaje andino e iconografía textil” Gizeh Castañeda Toledo é formado em Arte pela Universidade Nacional Mayor de San Marcos- UNMSM, Lima Peru. Gestor cultural e diretor do Projeto Paisagem Cultural Sonoro, vencedor dos Estímulos Econômicos para a Cultura na categoria “Produção Musical” com a produção discográfica “Los Cantos del Kené” (2020). Pesquisador e roteirista do projeto documental dos “Ayllu Maqquera, T’inkay Kawsachinanpaq.
11.30 Chloé Darmon “Habitar a água. Documentar as práticas urbanas das mulheres” Chloé Darmon é uma arquiteta francesa dos subúrbios de Paris, depois de ter concluído o ensino secundário no Lycée Albert Calmette em Nice, iniciou os seus estudos de arquitetura na École Nationale d’Architecture de Paris Belleville, em 2015. Em 2018-2019, frequentou um Erasmus na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, tendo optado por transferir os seus estudos de França para Portugal.
11.45 José A. Soriano “Paisajes de Antequera a través de la pintura de Vincenzo Carduccio” José Antonio Soriano, artista plástico e visual e professor assistente Doutor do Dpto. de Pintura da Universidade de Sevilha. É doutor em BB.AA. pela UGR (2020) (Doutorado em História e Artes, com Distinção e Menção Internacional.
PAUSA DE ALMOÇO
14.00 Philip Cabau + Maria Manuela Lopes “MID – Mirror Identity Drawings” Philip Cabau é Professor Coordenador na ESAD.CR / Politécnico de Leiria e investigador integrado do LIDA – Laboratório de Investigação em Design e Artes. Coordena actualmente, o projecto Europeu MID – Mirror Identity Drawings, integrado na Cátedra Unesco – Gestão das Artes e da Cultura, Cidades e Criatividade, do mesmo instituto. Maria Manuela Lopes é uma Artista Visual com prática inter/transdisciplinar; Professora Adjunta de artes visuais na ESE/Politécnico do Porto e investigadora no i3S, ID+ e InED ESE-PP. Tem participado e coordenado vários projectos de investigação artística – atualmente é membro da equipa do MID – Mirror Identity Drawings (ESAD CR/ Cátedra UNESCO)
14.15 Salvador Salas Zamudio “Huellas arquitectónicas de la migración en el paisaje de Guanajuato” Salvador Salas Zamudio é doutorado em História da Arte. Publicou artigos como: “Família García, entre a fotografia purista e as aspirações pictoralistas” (2023); “Os Tempos do Retrato Fotográfico e o retrato fotográfico de nossos tempos” (2022); “Relatos fotográficos e migração” (2022); “Olhar Fotográfico: Mulheres e Migração no Cubo” (2021); “Fotografia: Tentativa, Tentativa e Erro” (2021); “Fotografia Porfiriana: Intencionalidade e Visão na Revista O Mundo Ilustrado” (2020); “O Mundo Através da Câmara” (2020); “Os museus de autor e as exposições virtuais como estratégia de exibição de arte na pandemia” (2020)
15.45 Mauricio Velasco Ávalos “Patrimonialización del paisaje popular contemporáneo” Mauricio Velasco Ávalos é arquiteto, Mestre em Arquitetura, Mestre em Sociologia Urbana e Doutor em Ordenamento do Espaço-Urbanismo. Professor de nível superior desde 1994. Colaborador em entidades de governo mexicano relacionadas com o patrimônio cultural até 2001. Professor a tempo integral na Universidade de Guanajuato desde 2005, onde participa de programas de graduação e pós-graduação. Publicou livros, artigos e capítulos de livros tendo as leituras do espaço urbano como principal linha de investigação. É membro do Sistema Nacional de Pesquisadores do México e membro do Conselho Internacional de Monumentos e Locais (ICOMOS).
16.15 PAUSA CAFÉ
16.30 Tommaso Gorla “Projeto Anima Loci” Tommaso Gorla é um artista e investigador italiano. Interessa-se pelas várias maneiras pelas quais as imagens e o som exercem o seu efeito sobre nós. Estes tópicos são explorados através de uma grande variedade de meios, com um foco particular no desenho, enquanto ele também acompanha sua prática com pesquisa teórica e atividades curatoriais que incluem palestras e publicações. É o coordenador do projeto editorial Anima Loci sediado em Inglaterra e Itália.
16.45 David Navarrete Escobedo “Paisaje turístico contemporáneo en ciudades patrimoniales mexicanas” David Navarrete Escobedo é doutor em Urbanismo pelo Instituto de Urbanismo de Paris, França e Mestre em Urbanismo pelo mesmo Instituto. Arquiteto pelo Instituto Tecnológico de Querétaro (México). Professor-Investigador do Departamento de Arquitetura da Universidade de Guanajuato.
17.15 Frederico Dinis “To remain/to return: sound and visual representation of memory” Frederico Dinis é docente e artista-investigador, na interface entre as artes performativas e as artes visuais, que procura representar um espaço-tempo figurativo, combinando narrativas sonoras e visuais com espaços inusitados. Doutorado em Estudos Artísticos, especialidade de Estudos Teatrais e Performativos, pela Universidade de Coimbra. Atualmente desenvolve investigação de Pós-Doutoramento na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e desenvolveu investigação de Pós-Doutoramento em Estudos de Religião na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa.